Espiritualidade e reexistência:

entre Pierre Hadot, Michel Foucault, Leonardo Boff e Ivone Gebara

2º Semestre de 2021 - Sextas-feiras das 10h30 às 12h30. Início das aulas 27/08/2021
Prof. Dr. Alexandre Cabral

          Ainda que o conceito de espiritualidade tenha surgido no século XIX no interior do cristianismo católico, seu arcabouço semântico foi dilatado ao longo do século seguinte, tornando-se irredutível aos códigos eclesiásticos cristãos. É nesse sentido que religiosidade não se identifica com espiritualidade. Por outro lado, a noção de espírito, que historicamente se desenvolveu em solo hegemonicamente cristão, desde o século XIX, com os pensamentos de Hegel, Kierkegaard e Nietzsche, assumiu caráter performático, não mais se reduzindo à qualidade imortal da alma humana, como foi pensado na Idade Média cristã. Paulatinamente, a noção de espírito passou a se identificr com uma dinâmica de produção de unidade das diversas experiências da condição humana, sejam elas existenciais e/ou históricas. Contudo, foi somente no século XX que a espiritualidade se tornou fio condutor de diversas investigações filosóficas, o que se manifesta plenamente na obra de Pierre Hadot e no último Foucault. Dessa forma, a espiritualidade se identifica com exercícios existenciais de transformação de si e de das diversas relações com os outros e o mundo. A qualificação de si e das relações em questão é um dos elementos centrais da espiritualidade, razão pela qual é possível dizer que a espiritualidade atua no questionamento e na qualificação dos sentidos que articulam existencialmente o ser humano na relação consigo, com os outros e com o mundo. Esse questionamento se tornou um dos temas-chave das teologias da libertação latino-americanas, como fica claro em Leonardo Boff e Ivone Gebara. Neles, a espiritualidade revela nitidamente seu caráter de reexistência, tornando-se elemento imprescindível das resistências ético-político-ecológicas latino-americanas. Essa copertinência de espiritualidade e reexistência deverá ser o fio condutor do curso. Trata-se do desafio de pensar a expansão da espiritualidade para os espaços de coexistência antropocósmicas. 

 

Duração: 12 aulas de 2 horas cada, totalizando 24 horas de aula. Verifique os dias e horários dos cursos na agenda.

 

Acompanhamento remoto - Transmissão online ao vivo das aulas por meio da plataforma Zoom. 

Os vídeos estarão também disponíveis para serem assistidos ao longo do semestre na Plataforma Google Classroom.

 

Valores:

Acompanhamento remoto - R$920,00 (Via Pagseguro, sem juros até 4x)
 

Descontos:

  • Ao se matricular em mais de um curso o aluno recebe 20% de desconto no valor total das inscrições.

  • Alunos do semestre passado recebem 15% de desconto no semestre atual.
    Descontos não cumulativos.

 

Para mais informações, nos escreva: cursos@institutodasein.org

Alexandre Cabral

Licenciado em Filosofia pelo Centro Universitário Bennett, bacharel eclesiástico em Filosofia pelo Seminário São José do Rio de Janeiro, bacharel em Teologia pela Escola Superior de Teologia (EST), licenciado em Teologia pela Universidade Santa Úrsula, mestre em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, doutor em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e doutor em Teologia na PUC-RJ. Professor adjunto do departamento de Filosofia da UERJ e professor de Filosofia do Instituto Federal Colégio Pedro II.

7_edited.jpg