Interpretação enquanto princípio de constituição do mundo

Marco Antonio Casanova

 

O objetivo do texto é apresentar o papel fundamental da interpretação para o pensamento nietzschiano: ele procura mostrar acima de tudo como a interpretação não se reduz aí a um mero procedimento subjetivo, mas se estende sim originariamente ao próprio processo incessante de constituição do mundo. Para tanto, buscamos nos concentrar preponderantemente na última fase da obra de Nietzsche e retirar dos fragmentos desta última fase o caminho de tematização de nosso problema.

Palavras-chave: interpretação – linguagem – coisa em si – fenômeno – perspectiva – vontade de potência – constituição – mundo.

Leia o artigo na íntegra

 

 

Marco Antonio Casanova

Doutor em filosofia pela UFRJ/Universidade de Tübingen, Pós-doutorado – Universidade de Freiburg, Professor Adjunto do Departamento de Filosofia da UERJ, Presidente da Sociedade Brasileira de Fenomenologia, Autor de O instante extraordinário: Vida, história e valor na obra de Friedrich Nietzsche (2003), Nada a caminho: Impessoalidade, niilismo e técnica no pensamento de Martin Heidegger (2006), Compreender Heidegger (2009) e A eternidade frágil: Ensaio sobre temporalidade na arte (2013), além de tradutor de um grande conjunto de obras de pensadores alemães como Martin Heidegger, Max Scheler, Friedrich Nietzsche, Wilhelm Dilthey entre outros.

Currículo Lattes 

Esse espaço é dedicado à divulgação de textos relevantes no âmbito da Psicologia fenomenológica e hermenêutica.

  • André Duarte
  •  
     
     
  • Arthur Tatossian
  •  
     
     
     
  • Cristine Monteiro Mattar
  •  
     
  • Eugène Minkowski
  •  
     
     
  • Edmund Husserl
  •  
     
  • Françoise Dastur
  •  
     
  • Gaston Bachelard
  •  
     
  • Irene Borges-Duarte
  •  
     
     
  • Ludwig Binswanger
  •  
     
     
     
     
     
  • Marco Antonio Casanova
  •  
     
     
     
     
  • Martin Heidegger
  •  
     
     
     
  • Medard Boss
  •  
     
  • Nelson Coelho Junior
  •  
     
  • Roberto Novaes de Sá
  •  
     
     
  • Róbson Ramos dos Reis
  •  
     
     
  • Wilhelm Dilthey
  •  
     
  • Zeljko Loparic
  •