A superação da dualidade interno/externo nas teorias fenomenológicas de Binswanger e Merleau-Ponty

Nelson Ernesto Coelho Junior

 

Este trabalho pretende acompanhar e discutir as concepções de Merleau-Ponty sobre o espaço e sua relação com as idéias de Binswanger, principalmente aquelas expostas em Traum und Existenz (1930) e em Das Raumproblem in der Psychopathologie (1933). Pretende considerar também as conseqüências destas concepções para a superação da dualidade externo/interno. 

Palavras-chave: Psicopatologia fenomenológica, espacialidade, interno e externo

 

Leia o artigo na íntegra

 

 

Nelson Ernesto Coelho Junior

Professor de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP).

Esse espaço é dedicado à divulgação de textos relevantes no âmbito da Psicologia fenomenológica e hermenêutica.

  • André Duarte
  •  
     
     
  • Arthur Tatossian
  •  
     
     
     
  • Cristine Monteiro Mattar
  •  
     
  • Eugène Minkowski
  •  
     
     
  • Edmund Husserl
  •  
     
  • Françoise Dastur
  •  
     
  • Gaston Bachelard
  •  
     
  • Irene Borges-Duarte
  •  
     
     
  • Ludwig Binswanger
  •  
     
     
     
     
     
  • Marco Antonio Casanova
  •  
     
     
     
     
  • Martin Heidegger
  •  
     
     
     
  • Medard Boss
  •  
     
  • Nelson Coelho Junior
  •  
     
  • Roberto Novaes de Sá
  •  
     
  • Róbson Ramos dos Reis
  •  
     
     
  • Wilhelm Dilthey
  •  
     
  • Zeljko Loparic
  •